Após ocorrência policial, Prefeitura envelopa veículo que estava sendo usado pela presidente da Fundação Cultural

0 371

Ji-Paraná/RO – Conforme consta no portal de transparência da Prefeitura de Ji-Paraná, a Fundação Cultural possui 2 veículos, sendo SPIN 1.8 AT LTZ, cor branca, ano 2018/2018, placa NDT5111, Renavam nº 1148074020 e o veículo ONIX 1.4 MT LT, cor prata, ano 2018/2019, placa QTC 8C55, Renavam nº 1216717696. Informações de um servidor que pediu para não ser identificado, temendo represálias, veículo que estava com a presidente da Fundação Cultural Keila Barbosa é o ONIX 1.4 MT LT, placa QTC 8C55, que estava sem envelopamento que identifica que pertence ao Município de Ji-Paraná.

Com a repercussão do ocorrido, o Município de Ji-Paraná providenciou urgente o envelopamento do veículo na manhã desta segunda-feira (30). O servidor responsável pelos abastecimentos dos veículos, José Olímpio Lima Silva foi visto no pátio da Prefeitura de Ji-Paraná realizando o envelopamento do ONIX 1.4 MT LT, placa QTC8C55, pertencente a frota de veículos da Fundação Cultural envolvido em ocorrência policial na tarde de ontem, (29), no Beira Rio Cultural que está em fase final de obra.

Fato inusitado, para conduzir veículos público deve ser motorista efetivo, mas Keila Barbosa da Silva aparece no site da Prefeitura de Ji-Paraná cadastrada no centro de custo como motorista.

Entenda o que aconteceu

Na tarde deste último domingo (29), a Polícia Militar foi acionada para comparecer ao Beira Rio Cultural, que ainda está em obras, para resolver uma situação de conflito. A PM teria sido acionada pelo segurança do local que, por dever de ofício, teria impedido a entrada da presidente da Fundação Cultural, Keila Barbosa, que estaria acompanhada de uma outra pessoa.

Assim que a PM chegou, foi informada que teria havido troca de agressões físicas e verbais no local. Os três envolvidos na situação de conflito foram conduzidos a Unidade Integrada de Segurança Pública – UNISP. Ao chegar lá, Keila, segundo a versão dos policiais que atenderam a ocorrência e fizeram a condução dos envolvidos, teria pedido para ir ao banheiro e acabou se evadindo.

Retorno

Mais tarde, já durante a noite, a secretária compareceu à UNISP acompanhada de um advogado e prestou seus esclarecimentos sobre o caso, que agora está ao encargo da Polícia Civil.

Causa do conflito

O motorista, segundo o que registra o Boletim de Ocorrência, teria impedido a entrada da secretária no local devido ao Beira Cultural ainda estar em obras e ter recebido ordens expressas não permitir a entrada de ninguém, momento em que a secretária teria se exaltado.

Segundo testemunhas, a secretária chegou ao local utilizando um veículo oficial.

Keila foi nomeada para presidir a Fundação Cultural através do Decreto nº 17, de 02/01/2013 e permanecendo no cargo todo esse período, tendo o decreto de nomeação assinado pelo ex-prefeito Jesualdo Pires Ferreira Júnior e ex-secretário de Administração Jair Eugênio Marinho.

 

Fonte: globalnoticias.com.br

Loading...