Cadeirante baleado em Vilhena; já sofreu um atentado em Ji-Paraná

0 201

IlustrativaDavid Andrade de 36 anos, foi baleado na cabeça no final da manhã desta sexta-feira, dia 30 de Outubro em uma residência na rua Pernambuco, no setor 19, em Vilhena. A PM apurou no local, que o atirador, teria descido de um veículo Gol, nas proximidades da casa, e foi a pé de encontro com a vítima, e efetou um disparo na cabeça.

Após o fato, o mesmo foi até o veículo, e fugiram tomando rumo incerto. Equipe de socorristas dos Bombeiros foram acionados e socorreram a vítima em estado gravíssimo até o hospital Regional.

O tiro acertou o rosto de David Andrade, que ao dar entrada na unidade hospitalar foi para centro cirúrgico. Está é a segunda vez que David sofre tentativa de homicídio, no ano 2016, ele também sofreu um atentado dentro de uma residência no bairro União II, em Ji-Paraná.

A vítima estava cumprindo pena com uso de tornozeleira eletrônica em domicílio devido a sua deficiência, que necessita de cuidados especiais por vários problemas de saúde e fisiológicos oriundos da situação de cadeirante. Os motivos do ataque ainda está apurado pela polícia.

 

Loading...